25 MAR 2018 Avenida perde em casa por 3 a 0 para o Grêmio Vinícius Conrad

Com apenas 11 minutos de jogo, o Grêmio já estava vencendo por 2 a 0 (Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA)

Nem o resultado negativo tirou o brilho da façanha do Avenida que saiu de campo aplaudido pelos torcedores que lotaram o estádio dos Eucaliptos. O Grêmio venceu por 3 a 0 e os jogadores do Periquito tem motivos de sobra para continuar de cabeça erguida. Subiram, permaneceram na elite, classificaram e avançaram. Por maior que seja o desafio, quarta-feira é dia de ir até Porto Alegre enfrentar o tricolor na Arena.

Logo que a bola saiu do círculo inicial, o Grêmio já mostrou que queria abrir o placar. Foi uma blitz que resultou no primeiro gol logo aos seis minutos quando Ramiro encontrou espaço e chutou de esquerda metendo a bola no ângulo do arqueiro Fabiano Heves. Sem chances. Golaço.

Dois minutos depois, Jael recebeu passe do Luan e cruzou. A peronha bateu na mão do lateral Itaqui que nem reclamou a sinalização do árbitro Jean Pierre Lima. Na cobrança da penalidade, Luan ampliou o placar com menos de 11 minutos de jogo. O Avenida até tentou assustar, só que aparentemente estava com um pé atrás. Foram dois gols em pouco tempo de jogo.

Tchelé tentou em mais de uma oportunidade. Alexandre usou a sua especialidade que é cobrar faltas e deixou Cleverson com boa oportunidade. Porém, parou na qualidade do goleiro Grohe. Guerreiros, o elenco do Avenida ainda poderia ter sofrido o terceiro gol aos 40 minutos. Bem posicionados, o trio de arbitragem marcaram impedimento. Logo em seguida, novamente Cleverson parou nas mãos do guarda-metas tricolor.

Na etapa complementar, o Avenida seguiu tentando descontar. Só que, aos 12 minutos, surgiu ele, Arthur. Um garoto que chamou a atenção do Barcelona e não foi por acaso: 3 a 0. Com muitas tentativas no setor ofensivo e atenção para não sofrer mais gols, é preciso destacar a grande jogada de Welder que tentou de bicicleta fazendo novamente Marcelo Grohe trabalhar para proteger o gol tricolor.

FICHA TÉCNICA

AVENIDA: Fabiano Heves; Itaqui, Claudinho, Luís Henrique e Roger; Toto e Fidélis; Tchelé (Moisés Baiano), Alexandre (Diego Torres) e Cleverson (Marques); Welder. Técnico: Fabiano Daitx

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Jailson e Arthur; Ramiro (Alisson), Luan e Everton (Thonny Anderson); Jael (Hernane). Técnico: Renato Portaluppi

Gols: Ramiro (G), aos 6min, Luan (G), aos 10min do primeiro tempo; Arthur (G), aos 12min do segundo tempo.

Arbitragem: Jean Pierre, auxiliado por Elio Nepomuceno Júnior e Gustavo Schier.

Local: Estádio dos Eucaliptos, Santa Cruz do Sul.

 

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário