05 FEV 2018 Noia e Leão não saem do zero Leandro Lopes

Em um jogo de poucas chances, ninguém saiu do zero (Foto: Adílson Germann/JEA Comunicação)

Sem gols, com desespero. Novo Hamburgo e São Paulo não saíram do zero no Estádio do Vale na noite desta segunda-feira (5) e se complicaram um pouco mais na tabela de classificação do Gauchão 2018. Com apenas dois pontos, o atual campeão, ainda sem nenhuma vitória, é o vice-lanterna, à frente apenas do Grêmio. O Leão do Parque, que já perdeu três vezes no certame, é o primeiro time fora da zona de rebaixamento com quatro pontos conquistados.

A má fase das duas equipes foi perceptível dentro de campo. Em um confronto equilibrado, anilados e rubro-verdes tiveram um início nervoso. Logo aos três minutos o time da casa pressionou a saída de bola do São Paulo. A defesa se atrapalhou e mandou pra escanteio. Na cobrança, Diogo Oliveira cabeceou forte para grande defesa de Nícolas. Passado o susto, o Leão do Parque, que não pontuava há três rodadas, começou a ter mais posse de bola e a criar oportunidades. Mas boa mesmo, só aos 35. Janderson recebeu na entrada da área pela direita e bateu em direção ao gol. Com muitos marcadores na volta, o goleiro Michel Alves não enxergou a bola, que tocou na trave e saiu caprichosamente pela linha lateral.

No segundo tempo, Gueguel arriscou o primeiro chute antes do primeiro minuto de jogo para o São Paulo. Pressionado, o Noia partiu pra cima do adversário. Ainda nos primeiros minutos, Lito foi à linha de fundo e cruzou para Juninho, que cabeceou forte pra fora, assustando Nícolas. Aos 19, Assis bateu falta perigosa e Juninho pegou o rebote. O chute saiu à direita da meta rubro-verde.

Depois disso a partida se amornou. Só nos minutos finais o pessoal voltou a criar oportunidades. E foram todas do Anilado. Já nos acréscimos, Assis aproveitou o rebote da própria cobrança de falta e mandou a bola pra área. Diogo Oliveira se antecipou à marcação e cabeceou pra fora. Aos 47, Lito arriscou uma pancada de fora da área. O chute cruzado foi defendido por Nícolas, que brilhou para evitar a primeira vitória do Noia no Gauchão e dar números finais ao confronto.

CONFIRA A TABELA E A CLASSIFICAÇÃO DO GAUCHÃO 2018

O São Paulo volta a campo no dia 14, em Ijuí, onde enfrenta o São Luiz às 20h30min no estádio 19 de Outubro. O Novo Hamburgo joga no mesmo dia, mas pela Copa do Brasil. O time de Beto Campos, que avançou à segunda fase após vencer o Paysandu por 2 a 1, recebe no Estádio do Vale o vencedor do confronto entre Dom Bosco e CRB, que se enfrentam nesta quarta, dia 7, no Mato Grosso. Pelo Gauchão, o Noia volta aos gramados contra o São Luiz, dia 18, também no Vale.

FICHA TÉCNICA

Novo Hamburgo – Michel Alves; Lito, Talis (Roberto Dias), Júlio Santos e Assis; David, Diogo Oliveira, Zotti (Branquinho), Juninho e Jean Silva; Flávio Torres (Conrado). Técnico: Beto Campos

São Paulo – Nícolas, Falcão, Pedro, Gulithi e Felipe (Thiago); Diguinho, Leanderson, Tom e Diogo (Vargas); Janderson e Gueguel (Fred). Técnico: Claiton dos Santos

Local – Estádio do Vale, em Novo Hamburgo

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário