09 SET 2017 Ypiranga é eliminado em Ribeirão Preto Fernando Rascado

Canarinho precisava da vitória para avançar para a próxima fase (Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo)

O Ypiranga se despediu da Série C 2017 neste sábado (9). O Canarinho precisava vencer e secar o Tombense ou o Volta Redonda, mas o time de Erechim não fez sua parte acabou derrotado por 5 a 3 para o Botafogo de Ribeirão Preto.

O time da casa também precisava vencer e partiu com tudo pra cima. Aos 25 minutos, Gerley cruzou, o zagueiro Tirone tentou afastar, Samuel Santos mandou no travessão e Ronaldo, no rebote, mandou pro fundo da rede, 1 a 0.

No último lance do primeiro tempo, Francis foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O próprio cobrou e não desperdiçou, 2 a 0 para o Botafogo.

Na etapa final a Pantera seguiu sem dar chances para o Ypiranga. Logo aos cinco minutos, Gerley recebeu na esquerda e chutou cruzado, sem chances para Carlão, 3 a 0.

O Botafogo seguia impiedoso. Aos 27, bola na área dos gaúchos e Carlos Henrique mandou de cabeça no travessão, mas a bola voltou para o volante, que mandou para o gol, 4 a 0.

Só depois de estar eliminado que o Canarinho acordou no jogo. Um minuto depois de levar o quarto, Talles Cunha aproveitou um rebote e mandou a bomba rasteira e Neneca aceitou, 4 a 1. Aos 36, Safira recebeu a bola dentro da área e livre só precisou bater na saída de Neneca, 4 a 2.

O Botafogo ainda sonhava com a classificação e aos 45 marcou o quinto com Wesley, que saiu na cara de Carlão e só tocou na saída do goleiro, 5 a 2. Com os resultados paralelos o time paulista ainda precisava de mais um gol. Mas aos 47, uma bola cruzada e Vandinho só desviou pro gol de Neneca, 5 a 3 e as duas equipes morreram abraçadas.

O Ypiranga terminou a primeira fase em sétimo lugar com 23 pontos. Foram cinco vitórias, oito empates e cinco derrotas. O Canarinho marcou 23 gols e sofreu 21.

FICHA TÉCNICA

Botafogo-SP: Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Gladstone e Gerley; Carlos Henrique, Rodrigo Thiesen (Isaac Prado) e Vitinho (Paulinho do Pilar); Wesley, Ronaldo e Francis (Mário). Técnico: Vica.

Ypiranga: Carlão; Pedro Ivo (Fábio), Tairone, Carlos Faria (Vandinho) e Gabriel Araújo; Henrique, Carrilho, Parede e Safira; Michel (Tiago Pedra) e Talles Cunha. Técnico: Hélio Vieira.

Gols: Ronaldo (B), Francis (B), Gerley (B), Carlos Henqrique (B), Wesley (B), Talles Cunha (Y), Safira (Y) e Vandinho (Y)

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário