16 SET 2017 Xavante vence o CRB e se afasta do Z-4 Fernando Rascado

Com a vitória o Xavante se afastou de vez da zona de rebaixamento (Foto: Carlos Insaurriaga/ AI-GEB)

O Brasil entrou em campo neste sábado (16) pela 24ª rodada da Série B. O adversário era o CRB, rival direto na classificação. O time do técnico Clemer precisou superar as péssimas condições do gramado, castigado pelo mau tempo, para conquistar sua terceira vitória seguida no Bento Freitas.

O goleiro Marcelo Pitol e o meia Rafinha foram os destaques do jogo. No primeiro tempo, Rafinha abriu o placar de cabeça. Já Pitol brilhou no segundo tempo com duas grandes defesas. Nos acréscimos, Rafinha marcou o seu segundo gol no jogo, confirmado a vitória por 2 a 0.

Com o resultado, o Xavante subiu para o nono lugar com 33 pontos, abrindo oito de vantagem pro Z-4 e ficando sete atrás do G-4. Na próxima rodada o time pelotense vai enfrentar o Ceará, fora de casa, no próximo sábado (23), às 19h.

O JOGO
Com o campo encharcado, as duas equipes tinham muita dificuldade em jogar futebol. O Xavante só foi levar perigo aos 27 minutos e já foi letal. Misael ganhou de Gabriel com a cabeça e cruzou para Rafinha, que só teve o trabalho de cabecear pro fundo do gol, 1 a 0.

O gol animou o Rubro-Negro. Aos 30, Breno invadiu a área e chutou direto para o gol, a bola passou perto da trave direita de Edson Kolln.

A equipe alagoana foi chegar com perigo apenas no segundo tempo. Aos sete minutos, Marion lançou na área, Breno afastou mal, a bola sobrou para Neto Baiano. O atacante do Galo chutou e o goleiro Marcelo Pitol fez uma ótima defesa, salvando o Brasil de sofrer o empate.

O time visitante seguia em busca do gol, mas o paredão Marcelo Pitol não ia permitir. Aos 18, Tony recebeu passe de Neto Baiano e mandou na gaveta, mas o goleirão Xavante foi buscar no ângulo, fazendo uma defesa magistral.

Apesar da tentativa de pressão do CRB, o Rubro-Negro soube se defender bem e liquidou o jogo nos acréscimos. Aos 47 minutos, Rafinha recebeu passe de Misael, dentro da área, girou em cima de Flávio Boaventura e fuzilou o goleiro Edson Kolln, que chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol, 2 a 0.

No apito final muita festa da torcida Xavante, que encarou o frio e a chuva.

FICHA TÉCNICA

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Breno; Leandro Leite (Itaqui), João Afonso, Marcinho (Elias), Rafinha e Misael; Cassiano. Técnico: Clemer.

CRB: Edson Kolln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri (Pablo Diogo), Tony (Danilo Pires), Chico e Marion (Erick Salles); Neto Baiano. Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas

Gols: Rafinha duas vezes (B)

Cartão vermelho: Gabriel (C).

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário