03 AGO 2017 Goleada abre final da Terceirona Leandro Lopes

Internacional venceu o Bagé cinco vezes na competição (Foto: Mariana Capra/SCI)

O Internacional colocou as duas mãos, um pé e metade do tronco na taça da Terceirona. Na manhã desta quinta-feira (3) o Colorado venceu o Grêmio Bagé por 4 a 0 na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, e garantiu grande vantagem para a partida decisiva, no domingo, no estádio Pedra Moura, em Bagé.

Com uma campanha quase perfeita, o Inter entrou em campo com o favoritismo natural. O time de Porto Alegre não perdeu nenhuma das 28 partidas disputadas na competição até a final. O Bagé, já com o acesso garantido, entrou em campo disposto a ser o primeiro a vencer o Colorado, mas tal disposição acabou ainda no primeiro tempo, quando Windson abriu o placar para o Internacional.

No segundo tempo, logo aos seis minutos, Valdemir tratou de fazer 2 a 0. Aí a porteira se abriu de vez. De pênalti, o artilheiro Joanderson marcou o terceiro. Aos 33, Pedro Lucas, de fora da área, marcou o quarto.

O Bagé não se entregou e tentou eventuais contra-ataques, mas foi difícil furar a melhor defesa do campeonato. O placar acabou mesmo em 4 a 0 para a gurizada do Inter.

A CAMPANHA
A equipe sub-23 do Internacional é dona de uma de uma campanha impressionante. Em 29 jogos os comandados do técnico Ricardo Colbachini venceram 26 e empataram três. Apenas Sapucaiense, Rio Grande e Grêmio tiraram pontos dos colorados.

O time da capital mandou a maioria dos seus jogos na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada. No elenco, alguns jogadores conhecidos, como Claudio Winck. O lateral marcou dez gols na competição e, durante a segunda fase, foi integrado ao grupo principal do Internacional, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Joanderson, com 20 gols, é o grande destaque da Terceirona. O jovem atacante também já atuou pela equipe principal este ano. Foi dele a assistência para o gol de William Pottker na vitória polêmica sobre o Luverdense no Beira-Rio.

Com a goleada no primeiro jogo da final, o ataque colorado chegou a 85 gols marcados. Foram apenas 12 sofridos pela defesa. O saldo positivo é de 73.

RETROSPECTO
21/04 – Bagé 2 x 3 Internacional (1ª fase)
04/05 – Internacional 4 x 0 Bagé (1ª fase)
14/06 – Internacional 6 x 1 Bagé (2ª fase)
28/06 – Bagé 1 x 3 Internacional (2ª fase)
03/08 – Internacional 4 x 0 Bagé (Final)
06/08 – Bagé x Internacional (Decisão)

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário