14 JUN 2017 Brasil é goleado em Cuiabá e se aproxima do Z-4 Fernando Rascado

Xavante teve uma atuação equilibrada no primeiro tempo, mas sucumbiu na etapa final e acabou goleado (Foto: Jonathan Silva)

O torcedor Xavante viveu uma noite de terça-feira (13) de opostos na partida contra o Luverdense, pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo o Brasil teve uma atuação equilibrada, não correu riscos e ainda colocou uma bola na trave.

Só que na etapa final o cenário mudou completamente. Logo no começo da etapa final, Ricardo abriu o placar. Com o gol sofrido o Rubro-Negro  desabou em campo e acabou engolido pelo LEC. Sérgio Mota aos 23 e Rafael Silva aos 25 minutos transformaram a vitória em goleada. Aos 40, Ricardo marcou o seu segundo gol no jogo e o quarto do Luverdense, definindo o massacre na Arena Pantanal.

Com a derrota, o Brasil caiu para o 15º lugar com oito pontos e na próxima rodada recebe o Vila Nova, no sábado, às 19h,

O JOGO
O Brasil foi o primeiro a chegar com perigo. Aos cinco minutos, Elias avançou em velocidade e soltou a bomba do meio da rua, a bola explodiu no travessão. O time da casa respondeu aos 20, Aderlan recebeu lançamento pela direita, cruzou de primeira e Rafael Silva finalizou por cima do gol de Martini.

O restante do primeiro tempo foi de um jogo muito truncado com as duas equipes marcando muito e criando pouco. Os dois goleiros mal participavam da partida.

Já o segundo tempo foi bem diferente. O time da casa voltou melhor e abriu o placar logo aos quatro minutos. Moacir passou para Erik, que fez o corta luz para Ricardo, que bateu de fora da área, no canto direito de Eduardo Martini, 1 a 0.

O LEC seguiu melhor e ampliou aos 23 minutos. Sérgio Mota avançou na entrada da área, passou pela marcação e bateu com categoria, sem chance para Eduardo Martini, 2 a 0. Dois minutos depois Éder Sciola derrubou Rafael Silva na área e o árbitro marcou pênalti. O próprio Rafael Silva cobrou e marcou o terceiro do Luverdense.

Mesmo com o jogo praticamente perdido, o Brasil seguiu buscando o ataque. Aos 29 minutos, Rafinha bateu de fora da área e Diogo Silva fez boa defesa. Mas a equipe da casa queria mais. Aos 31, Ricardo arriscou de longe e Eduardo Martini precisou espalmar para escanteio. Aos 40 veio o golpe final da trágica noite Xavante. Ricardo saiu livre na cara do gol e só tocou na saída de Martini, 4 a 0.

FICHA TÉCNICA

Luverdense-MT: Diogo Silva; Aderlan, Neguete, Pablo e Paulinho; Ricardo, Moacir (Diego Lorenzi) e Alaor Júnior (Erik); Rafael Ratão (Sérgio Mota), Rafael Silva e Raphael Macena. Técnico: Júnior Rocha.

Brasil: Eduardo Martini; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Bruno Lopes (Marcinho), Wagner e Elias (Gustavo Papa); Lincom (Rafinha). Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Ricardo (l), Sérgio Mota (l) e Rafael Silva (l)

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá-MT

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário