23 ABR 2017 Periquito vira líder e deixa Galo na lanterna Leandro Lopes

Torcida alviverde comemora o gol de Maurício (Foto: Lula Helfer/Portal Gaz)

Pela segunda vez no ano o Avenida levou a melhor sobre o Santa Cruz. Desta vez foi na casa do Galo, o Estádio dos Plátanos, que recebeu bom público para a partida às 11h deste domingo (23). Com a vitória, o Periquito chegou à liderança do grupo A e – de quebra – ainda viu o rival amargar a lanterna, ameaçado de rebaixamento.

Antes mesmo do apito inicial já houve o primeiro ranço. Os atletas foram avisados pela arbitragem que não seriam permitidos meiões cortados. Otávio, do Santa Cruz, insistiu e tomou o amarelo logo de saída. Com a bola rolando, foi do Galo a primeira oportunidade. Aos nove minutos, Léo Porto passou pela marcação e chutou para boa intervenção de Rodrigo. A resposta do Nida veio aos 14, com o artilheiro Hyantony. Ele aproveitou a sobra de uma dividida para girar e bater forte. A bola foi desviada e saiu pela linha de fundo.

Depois disso, o time do técnico Fabiano Daitx teve mais volume de jogo. Reinaldo e Luis Henrique assustaram o goleiro alvinegro. A bola parada, com Itaqui, era mais uma arma do Periquito, que insistiu no jogo aéreo. Aos 44, Moisés Baiano tentou de longe e isolou. Dois minutos mais tarde, já nos acréscimos, não teve jeito. De tanto bater, o Avenida furou o bloqueio do Santa Cruz com Maurício. Reinaldo tentou uma bicicleta e a bola parou no peito do meia, que chutou com força para abrir o placar nos Plátanos.

Na segunda etapa, mesmo em vantagem, os alviverdes continuaram em cima. Aos 11, Geison cruzou, Maurício finalizou e Reinaldo por pouco não alcançou. No minuto seguinte, o time da casa fez duas alterações e logo em seguida, em uma das poucas demonstrações de força, chegou com perigo com Guilherme Sapé.

Sem muita dificuldade, o Avenida continuou dominando o jogo. Felipe Tchelé, Reinaldo e Maurício por pouco não ampliaram a vantagem. O Santa Cruz ficou com um a menos aos 27. Rafinha tomou o segundo amarelo depois de simular uma penalidade. Aos 30, no entanto, por pouco o Galo não chegou ao empate com Léo Porto. Rodrigo saltou no canto e defendeu.

CONFIRA A TABELA E A CLASSIFICAÇÃO DA SEGUNDONA

Os minutos finais foram de controle do jogo e administração do resultado por parte dos visitantes. Vandré, aos 38, fez a última boa defesa. Nos acréscimos ninguém ameaçou ninguém e o Periquito garantiu a liderança do grupo A.

Na próxima rodada o Avenida recebe o Guarany de Bagé nos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul. Na lanterna, ameaçado de rebaixamento, o Galo vai a Santa Maria em busca de um resultado positivo contra o Inter-SM.

FICHA TÉCNICA

Santa Cruz  Vandré; Guilherme Sapé, Caio, Gustavo Miranda e Otávio (Allan Cristian); Arthur Santos, Elias, Carlos Eduardo (William Campos) e Evair; Rafinha e Léo Porto (Americano) Técnico: Lúcio Collet

Avenida – Rodrigo; Itaqui (Felipe Tchelé), Luís Henrique, Valença e Roger; Toto (Paulinho Simionato), Reinaldo (Tiago Bocão), Geison, Moisés Baiano e Maurício; Hyantony. Técnico: Fabiano Daitx

Gols – Maurício (A)

Local – Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário