18 ABR 2017 O retorno de um clássico centenário Leandro Lopes

Nos últimos dois clássicos, dois grandes jogos e uma vitória pra cada lado (Foto: Diário Popular)

O bom e velho Rio-Rita está de volta! O clássico entre tricolores e rubro-verdes, que não acontece há quase cinco anos, terá duas reedições nos próximos dias em Rio Grande em dois amistosos que prometem casa cheia.

O Vovô está jogando a Terceirona e atualmente é o 6º colocado do grupo A, com duas vitórias em cinco jogos. O São Paulo, após a eliminação na primeira fase do Gauchão, se prepara para iniciar a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. A competição nacional inicia no dia 21 de maio. Para presentear os torcedores dos dois times, as direções firmaram a realização de dois clássicos. O primeiro acontece no dia 26 de abril, no Aldo Dapuzzo. O segundo, no estádio Arthur Lawson, ainda não teve a data definida.

No último Rio-Rita, o clube mais antigo do país levou a melhor: 3 a 1. O último realizado no Dapuzzo foi um dos mais emocionantes da história centenária do clássico. Não faltaram gols, nem emoção. O Leão do Parque venceu por 5 a 4, em um jogo de duas viradas.

Na história dos confrontos, o São Paulo tem vantagem. Levou a melhor em 115 jogos, enquanto o Rio Grande em 75. A partida terminou empatada em 62 oportunidades.

COM A PALAVRA, OS DIRIGENTES
As divisões distintas no futebol estadual não são encaradas como um motivo de disparidade entre as duas equipes dentro de campo. Pelo contrário: o Vovô, com ritmo de jogo, vai enfrentar um novo São Paulo, em formação de elenco. Para o gerente de futebol do São Paulo, Guilherme Rajão, o principal é dar aos torcedores a oportunidade de voltarem aos estádios para assistir ao clássico, quase cinco anos depois. “O que realmente importa é presentearmos a cidade de Rio Grande com o retorno do Rio-Rita. Esperamos que as torcidas venham apoiar os clubes da cidade com muita paz nos estádios.”

O diretor executivo do Rio Grande, Farnei Oliveira, vê as duas partidas como uma grande oportunidade para encher os estádios novamente e mostrar para os mais jovens a tradição das equipes. “Pra cidade inteira é muito importante. Tem muito torcedor novo que ainda não conheceu a força do Rio-Rita. Mesmo o São Paulo estando um patamar acima, temos certeza de que serão dois bons jogos. Apostando na juventude podemos fazer bons enfrentamentos.”

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário