09 ABR 2017 Inter vence o Estrelado e pega o Caxias Fernando Rascado

Internacional liquidou o confronto ainda no primeiro tempo e agora vai enfrentar o Caxias na semifinal (Foto: Ricardo Duarte/SCI)

Não tivemos drama na partida de volta entre Cruzeiro e Internacional em Gravataí, neste domingo, pela partida de volta das quartas de final do Gauchão. Em Porto Alegre o Colorado venceu por 3 a 1, resultado que deixou o time da casa esperançoso na reversão. Só que o sonho terminou cedo. Logo aos 26 minutos, Víctor Cuesta abriu o placar para os visitantes e aos 43, Nico López ampliou. Com isso o Estrelado passou a precisar de cinco gols e o segundo tempo acabou sendo apenas um treino. Na semifinal o Inter vai encarar o Caxias. O primeiro jogo será no Beira-Rio e a volta no Centenário, em Caxias do Sul.

O JOGO
O Cruzeiro tentou logo no começo pressionar o Inter. Aos sete minutos, Sander cruzou na cabeça de Kozlowski, mas saiu fraco e Marcelo Lomba segurou sem problemas. Aos 15, William Koslowski cruzou para Thiago Alagoano, que cabeceou no canto e a bola passou muito perto do gol de Marcelo Lomba. Só o Estrelado chegava no ataque. Aos 24 minutos, Lucão recebeu de Thiago Alagoano na cara de Lomba, mas o atacante chutou por cima do gol, perdendo grande chance.

O velho ditado de quem não faz leva, apareceu mais uma vez. Dois minutos depois, Nico lançou Roberson que passou para Víctor Cuesta, que só tocou pro gol vazio, 1 a 0. O gol abateu o time da casa e com isso o Inter aproveitou pra decidir de vez o confronto. Aos 36, William cobrou falta no canto direito de Deivity, que fez uma grande defesa. Aos 43 minutos, Nico López arriscou uma bomba de fora da área e a bola entrou no canto esquerdo de Deivity, 2 a 0.

A etapa final se tornou um treino de luxo. Com o segundo gol sofrido, o Cruzeiro passou a precisar de cinco para avançar. As duas equipes criaram poucas chances de gol. Na melhor oportunidade, aos 20 minutos, quase saiu o terceiro do Colorado. Edenílson passou por dois marcadores e tocou para Brenner, que tentou o chute, mas acabou abafado por Deivity.

FICHA TÉCNICA

Internacional: Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Carlinhos (Seijas); Rodrigo Dourado, Ednilson, Roberson (Valdívia) e Uendel; Nico López (Carlos) e Brenner. Técnico: Antonio Carlos Zago.

Cruzeiro: Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Sander; Ben-Hur, Lucas Martins (Matheus), Ronaldo (Reinaldo) e Kozlowski; Thiago Alagoano (Jaderson) e Lucão. Técnico: Ben Hur Pereira

Gols: Víctor Cuesta (I) e Nico López (I)

Local: Estádio Vieirão, em Gravataí

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário