16 MAR 2017 Brasil segura o Grêmio no Bento Freitas Fernando Rascado

Xavante sofreu pressão na maior parte do tempo, mas mesmo assim saiu com um ponto do Bento Freitas (Foto: Jonathan Silva)

O Brasil precisou se defender muito contra o Grêmio para poder sair com um importante ponto do Bento Freitas, pela sétima rodada do Gauchão. O Tricolor controlou as ações na maior parte do tempo e com muitos toques na bola, envolveu o time Rubro-Negro.

Ainda no primeiro tempo, Ramiro rebateu a bola despretensiosamente e ela desviou em Cirilo, enganando o goleiro Eduardo Martini. Não demorou e Papa de cabeça deixou tudo igual no placar. Na segunda etapa quem brilhou foi o arqueiro Xavante, que com várias boas defesas, saiu como o grande responsável pelo empate.

Com o resultado, o Brasil subiu para o sétimo lugar com oito pontos e na próxima rodada encara o São José, na segunda-feira (20), às 20h30min em Porto Alegre. Já o Grêmio pulou para o segundo lugar com 12 pontos e na oitava rodada vai encarar o VEC, na Arena, no domingo (19), às 16h.

CONFIRA A TABELA DO CAMPEONATO GAÚCHO 2017

O JOGO
O Tricolor começou controlando o jogo e com um toque de bola envolvente, o time do técnico Renato Gaúcho não deixava o Brasil ter a posse de bola por muito tempo. A primeira chance da peleia surgiu aos 13 minutos. Bolaños passou para Luan na entrada da área, mas o chute do atacante gremista saiu fraco e torto. Aos 22, Bolaños passou para Léo Moura, a defesa afastou parcialmente e na sobra Ramiro finalizou sem muita pretensão, a bola desviou em Cirilo e entrou no canto direito de Martini: 1 a 0!

A pressão seguia forte. Aos 29 minutos, o Grêmio entrou na área tocando a bola e Bolaños saiu de frente pro Martini. O equatoriano tocou no canto direito e o goleiro Xavante fez uma grande defesa. Logo em seguida o Brasil conseguiu enfim chegar com perigo na frente e foi fatal. Em cobrança de escanteio, Gustavo Papa mandou de cabeça no canto do goleiro Léo: 1 a 1.

Logo depois do gol de empate o jogo ficou mais equilibrado, mas quem criava as melhores chances ainda era o time visitante. Aos 37 minutos, Jaílson arriscou de longe e Martini espalmou. Aos 43, foi a vez de Luan arriscar de longe e Martini espalmou mais uma vez.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final iniciou da mesma forma. Com o jogo mais equilibrado, mas com o Tricolor criando as melhores chances. Aos quatro minutos, Bolaños passou para Pedro Rocha livre na entrada da área, mas o atacante finalizou pra fora.

Em uma das poucas chances criadas, o Rubro-Negro quase virou o jogo aos 20 minutos. Bola na área e Gustavo Papa, livre, cabeceou por cima do gol de Léo. Aos 26, outra bola na área e João Afonso desviou de cabeça e quase Cirilo completou pro gol.

Na reta final do confronto o Grêmio partiu com tudo pra cima. Aos 33 minutos, Léo Moura passou pra Luan, que finalizou de frente pro gol, mas Martini fez mais uma grande defesa. Aos 37, Everton recebeu de Marcelo Oliveira, e mandou a bomba, mas a bola explodiu no pé da trave.

FICHA TÉCNICA

Brasil – Eduardo Martini; Wender, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Galiardo, João Afonso, Nem (Tiago Silva) e Lenílson (Éder Sciola) (Evaldo); Marcinho e Gustavo Papa. Técnico: Rogério Zimmermann.

Grêmio: Léo Jaques; Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Jaílson (Fernandinho) e Ramiro; Bolaños, Pedro Rocha (Lucas Barrios) e Luan (Éverton). Técnico: Renato Portaluppi.

Gols – Ramiro (G) e Gustavo Papa (B)

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas

 

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário