09 MAIO 2016 O Gauchão de cabo a rabo Vinicius Peraça

Mal acabou o Gauchão e já fizemos o balanço. Colocamos tudo na ponta do lápis. Fizemos o nove-fora. Na verdade, não vamos te mentir. Quem fez toda essa mão foi o amigo Gustavo Manhago, da Rádio Gaúcha.

E se tu quer fazer uma balaca no boteco com a parceria, é bom dar uma olhada nos números do campeonato. Vais saber desde quantas vezes o placar foi um minguado 1 a 0 até o nome do juiz que mais distribuiu cartão. Olha só:

InfoGauchao-16

OUTROS NÚMEROS

RESUMO DOS GOLS
Primeiro tempo – 114
Segundo tempo – 141

Dentro da área – 144
Cabeça – 37
Fora da área – 32
Pênalti – 24
Contra – 09
Falta – 08
Olímpico – 01

RESULTADOS MAIS COMUNS

2 x 1 – 22 vezes
1 x 0 – 17 vezes
Outros placares – 12 tipos diferentes ocorreram 62 vezes

 

ARBITRAGEM

Leandro Vuaden foi o que mais apitou – 10 partidas

 

Cartões Amarelos – 550 (média de 5,44 por jogo)
Árbitro que mais deu amarelos – Jean Pierre Lima (52)
Time que mais recebeu – Juventude (59)
Time que menos recebeu – Passo Fundo (30)

 

Cartões Vermelhos – 32 (média de 1 a cada 3 jogos)
Árbitros que mais deram vermelhos – Francisco Neto, Leandro Vuaden e Luís Teixeira Rocha com 5 expulsões cada
Times que mais tiveram expulsões – Juventude, São Paulo, Brasil e Passo Fundo com 4 expulsos cada
Time sem expulsão – Novo Hamburgo

 

PÚBLICO PAGANTE
401.180 em 99 jogos (média de 4.052 por partida)
* Duas partidas foram com portões fechados, não contando para a média
Maior público – 44.839 pagantes – Grêmio 0x0 Internacional (06/3)
Menor público – 43 pagantes – São José 1×2 Veranópolis (19/3)

=> Redução de 11,8% em relação a média de 2015 (que foi de 4.589)

=> Em média, 537 pagantes a menos por jogo em 2016

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário