13 ABR 2016 Virada, goleada e escassez na Segundona Fred Feijó

Nesta quarta-feira (13), três jogos agitaram a Segundona Gaúcha. E teve resultado para todos os gostos: virada fora de casa, goleada expressiva e um empatezinho safado sem gols para os que preferem os times cautelosos.

Veja um resumão das partidas:

O Inter-SM perdeu em casa de virada, em um jogo muito pegado. (Foto: Daniel Pillar/Interior Forte)

O Inter-SM perdeu em casa de virada em um jogo muito pegado. (Foto: Daniel Pillar/Interior Forte)

INTER-SM 1 x 3 GUARANI-VA
Sem torcida e com muita lama no gramado dos Eucaliptos, o Inter-SM perdeu para o Guarani-VA de virada. O alvirrubro saiu na frente com gol de Jorginho. O time da casa ainda ensaiou uma pressão, mas logo caiu na real. O Guarani chegou ao empate com Padilha aos 21 minutos. Nos acréscimos do primeiro tempo, Rodrigo Couto aproveitou falha do goleiro Romário para fazer o segundo.

Na segunda etapa o rubro-negro administrou bem o resultado e ainda chegou ao terceiro. André, aos 22, fez 3 a 1 e deu números finais ao confronto, levando o Guara à vice-liderança do grupo A pelo saldo de gols. Na próxima rodada, domingo, o Guarani pega o Riograndense, de novo em Santa Maria. Também no fim de semana, na mesma cidade, o Inter recebe o Pelotas.

MARAU 0 X 0 TUPI
O jogo entre Marau e Tupi foi marcado pela forte chuva que atingiu o estádio Carlos Renato Bebber. Isso acabou prejudicando muito o andamento da partida. Na primeira etapa, pouquíssimas chances puderam agitar a partida, mas o time de Crissiumal – com maior posse de bola – pecou na conclusão.

No segundo tempo a chuva apertou e o time visitante seguiu dominando a partida. O problema continuava sendo a finalização. E o jogo terminou com o placar fechado.

Com o empate o Marau segue na lanterna do grupo B, agora com cinco pontos. Na próxima rodada o time da Terra do Salame joga em casa contra o Caxias, domingo, às 15h30min. O Tupi, agora com 13, mede forças com o São Luiz, em Ijuí, no mesmo dia e no mesmo horário.

O Caxias deu uma sapatada no Santo Ângelo, que parecia o Brasil na Copa (Foto: A.I./SER Caxias)

O Caxias deu uma sapatada no Santo Ângelo, que parecia o Brasil na Copa (Foto: A.I./SER Caxias)

CAXIAS 7 x 0 SANTO ÂNGELO
Na Serra, o Caxias começou pressionando muito e logo nos primeiros minutos mostrou a sua superioridade. Ao longo da etapa, só deu Grená, até que surgiu o gol.

Aos 32 minutos, Jajá se esticou todo para finalizar e abrir o marcador no Centenário. O Santo Ângelo começou a reclamar da arbitragem e o lateral Junior extrapolou, levando o vermelho. Com um a mais, no finalzinho do primeiro tempo o Caxias marcou o seu segundo gol. Em um lance de bate-rebate, Ramon fez para o time da casa.

No segundo tempo foi um atropelo. Logo no início Lacerda subiu mais que todo mundo para estufar a rede do Centenário. O quarto gol veio dos pés de Nicolas, que mandou uma bomba sem chances para o goleiro. Nem deu tempo para terminar de comemorar e Anderson Feijão marcou o quinto para o Caxias.

O time visitante ficou abalado e fazia cada vez mais faltas. Aproveitando o desequilíbrio do adversário,  no final do segundo tempo, Jajá e Gian fecharam a espantosa goleada.

Com a vitória, o Caxias chegou aos 21 pontos e ocupa a liderança isolada do grupo B. No domingo (17) joga fora de casa contra o Marau, às 15h30min. Já o Santo Ângelo com a derrota segue com sete pontos e, também no domingo, joga fora de casa, contra o Esportivo, no mesmo horário.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário