23 ABR 2016 Itaqui deixa o comando do Marau Fernando Rascado
Itaqui deixa a equipe na zona de rebaixamendo da Segundona (Foto: Ewertomar da Rosa/Jornal Correio Marauense)

Itaqui deixa o Marau na zona de rebaixamento da Segundona (Foto: Ewertomar da Rosa/Jornal Correio Marauense)

Jesus Cleiton Pereira da Silva, mais conhecido como Itaqui, não é mais o técnico do Marau. Nesta sexta-feira (22) ele pediu demissão do cargo que comandava desde novembro de 2015. O ex-jogador do Grêmio deixa o clube na última colocação do grupo B com seis pontos, três atrás do Santo Ângelo. Em 11 partidas disputadas, foram apenas uma vitória, três empates e sete derrotas.

Em seu perfil no Facebook, o treinador agradeceu a oportunidade. “Agradeço primeiro a Deus e depois ao Futebol Clube Marau pela oportunidade de ter trabalhado na Divisão de Acesso 2016. Agradeço também a todas as pessoas que torceram pelo meu sucesso. Agora outras portas se abrirão.”

Itaqui foi contratado com o objetivo de manter o Marau na Segundona e quem sabe conquistar um acesso inédito para o Gauchão de 2017. Mas o clube perdeu diversos jogadores que foram destaques no título da Terceirona. Além disso, o clube passa por uma grave crise financeira. No começo da temporada o presidente chegou a anunciar que o Marau iria fechar as portas, mas voltou atrás no dia seguinte.

A direção deve anunciar o novo nome nos próximos dias. O Marau volta a campo contra o São Luiz em Ijuí, neste domingo (24), às 18h30.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário