31 MAR 2016 Xavante sai na frente e acaba goleado Vinícius Conrad
Brasil de Pelotas terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 e acabou goleado por 4 a 1 - Foto: Ricardo Duarte

Brasil de Pelotas terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 e acabou goleado por 4 a 1 – Foto: Ricardo Duarte

Foi um duelo de tempos opostos. Na etapa inicial, o Brasil de Pelotas foi praticamente impecável e desceu para o vestiário vencendo por 1 a 0. Ao retornar para o gramado do estádio Beira-Rio, o Internacional virou a partida em poucos minutos e terminou o duelo goleando por 4 a 1. Na última rodada da primeira fase, o colorado vai até Vacaria enfrentar o Glória e o Brasil de Pelotas recebe o Passo Fundo no estádio Bento Freitas. Todos os jogos da rodada acontecem às 16h de domingo. Cobertura completa aqui no Esportchê!

O JOGO

O Inter entrava em campo para confirmar a reação no campeonato. Vindo de uma vitória após quatro empates consecutivos, a equipe comandada por Argel via a oportunidade de pular para a 3ª colocação em caso de sucesso contra o Brasil-Pel.

O que se viu, no entanto, aos 11 minutos, foi Marcos Paraná arriscar uma bomba de longe. Golaço. O Xavante abria o placar no Beira-Rio.

A melhor chance no primeiro tempo ocorreu em bola parada cobrada dentro da área. O árbitro Daniel Bins assinalou infração do goleiro do Brasil e marcou tiro indireto. O chute de Vitinho, no entanto, parou na barreira. Era tensa a situação colorada. A torcida percebia. Havia, entretanto, um intervalo por vir. Quando a bola rolou para a segunda etapa, a situação mudou.

Aos três minutos, Fabinho conduziu pela direita até a linha de fundo. Cruzou para Andrigo, que acionou Sasha. O atacante chutou prensado na defesa, enquanto Anderson aguardava para colocar a bola para a rede: 1 a 1.

Um minuto mais tarde, Sasha lançou Andrigo, que partiu para cima. O meia colorado invadiu a área e chutou forte para virar a partida.

 

A pressão do Inter estava instaurada. O Xavante sentiu o gol. Sasha e Paulão tiveram boas oportunidades de ampliar o placar. Foi com Andrigo, no entanto, que o marcador chegou a 3 a 1.

O jovem ficou na cara de Eduardo Martini após lançamento de Anderson. Com categoria, passou pelo goleiro e marcou.

A goleada foi sacramentada aos 27, nos pés de Vitinho. Andrigo lançou o atacante, que na entrada da área limpou o lance. De perna esquerda, bateu cruzado no ângulo de Martini.

Com recuperação na segunda etapa, o Inter subiu para a 3ª colocação do Gauchão 2016.

 

FICHA TÉCNICA

Inter: Alisson, William (Marquinhos), Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anderson (Jair) e Sasha (Aylon); Marquinhos e Vitinho.

Brasil-Pel: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Fernando Cardozo e Brock; Leandro Leite (Galiardo), Washington, Diogo Oliveira e Felipe Garcia (Moisés); Marcos Paraná e Ramon (Nathan).

Gols: Marcos Paraná (B); Anderson, Andrigo (2) e Vitinho (I)

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre

Público: 7.102 Pagantes

Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Antonio Albornóz e Fabrício Bassegio

Texto do Gabriel Rigoni da Rádio Gaúcha

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário