09 MAR 2016 Resumo da oitava rodada do “Charmosão” Fernando Rascado
Hugo marcou o uníco gol do jogo, quebrando a sequência de dois jogos sem vitória do Jaconero (Foto: Arthur Dallegrave)

Hugo marcou o único gol do jogo, quebrando a sequência de dois jogos sem vitória do Jaconero (Foto: Arthur Dallegrave)

A oitava rodada terminou, mesmo sem muitos gols, não faltou emoção. Tivemos dois clássicos, times deixando o Z3, e outros que parecem que não conseguem se recuperar. Confira os detalhes da rodada do último fim de semana do Gauchão 2016.

– O São José segue líder, o Zequinha recebeu o Nóia na capital e venceu por 2 a 0. O time do técnico China é o primeiro colocado isolado com 20 pontos e ainda não perdeu no Gauchão. Mas a última vitória não foi fácil, o primeiro gol surgiu aos 40 minutos do segundo tempo com Rafinha. Nos descontos, Diego Torres fechou o placar.

– Já na próxima rodada, o São José e o Juventude podem garantir classificação para a próxima fase de forma matemática. Para isso, eles precisam abrir 13 pontos de distância para o nono colocado, que no momento é de 12 para o Zequinha e 11 para o Jaconero.

– O Canarinho segue invicto atuando no Colosso da Lagoa. Contra o São Paulo, o Ypiranga venceu por 4 a 2. Atuando em seus domínios, são três vitórias e apenas um empate. Já o Leão, depois de emendar cinco vitorias seguidas, perdeu as últimas duas e no domingo tem pela frente o Inter em Porto Alegre.

– Parece que não tem mais o que fazer, o Cruzeiro segue a passos largos para a Divisão de Acesso de 2017. Jogando contra o Passo Fundo fora de casa, o Estrelado perdeu mais uma, desta vez por 2 a 1 e segue sem vencer no Gauchão e pra piorar, na próxima rodada tem o Grêmio pela frente. No momento são cinco pontos que separam o Cruzeiro do primeiro time que não está caindo.

– O Glória é outro time que atravessa péssima fase. Depois de vencer na estreia o VEC, o Leão da Vacaria não venceu mais, já são sete partidas sem vitória. Na última rodada, derrota para o Lajeadense em Lajeado por 1 a 0 e ainda por cima perdeu um pênalti quando a partida ainda estava empatada.

– No clássico do interior, melhor para o Jaconero. Jogando no estádio Bento Freitas, o Juventude venceu o Brasil com gol de Hugo e quebrou a sequência de dois jogos sem vitória. Já o Xavante segue sem vencer no Bento Freitas, agora são dois empates e uma derrota.

– O VEC recebeu o Aimoré na Serra e venceu por 1 a 0. Resultado que tirou o Pentacolor da zona de rebaixamento e colocou o Índio Capilé na penúltima posição.

– Nada mudou na tabela dos artilheiros, Brenner e Heliardo não marcaram na rodada, portanto segue 7 a 6 para o atacante do Juventude.

Na oitava rodada tivemos 14 gols, média de dois por jogo. Abaixo da média do Gauchão que é de 2,48.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário