05 FEV 2016 Sobre o meio de semana Fernando Rascado
Torcida fez bonito e ajudou o São Paulo a vencer o Glória. (Foto: João Pedro Figueiredo)

Torcida fez bonito e ajudou o São Paulo a vencer o Glória. (Foto: João Pedro Figueiredo)

A segunda rodada do Gauchão 2016 já é passado. Pela primeira vez tivemos todas as partidas previamente marcadas. Agora sim todos os times já estrearam e por incrível que possa parecer já temos até técnico demitido. Então confira o que rolou nos jogos deste meio de semana:

– Grêmio e Juventude venceram mais uma vez e seguem 100%. O Jaconero foi até Lajeado e venceu por 3 a 1. Já o Tricolor mandou o jogo em Novo Hamburgo e de virada venceu o Aimoré também por 3 a 1. Eles ganharam a companhia do Ypiranga que estreou apenas nesta rodada e goleou o Passo Fundo por 4 a 0. O Canarinho tem apenas um jogo, mas não deixa de estar 100%.

– O atacante Brenner do Juventude marcou os três gols na vitória sobre o Lajeadense e se tornou o artilheiro isolado do Gauchão com 4 gols. O jogador é revelação do Jaconero.

– Caiu o primeiro técnico do Gauchão. Ben Hur Pereira não aguentou a pressão após a derrota de 4 a 0 pro Ypiranga e somada a goleada sofrida em casa para o São José por 3 a 0 e deixou o comando técnico do Tricolor do Planalto. Para seu lugar assume Paulo Porto. O curioso é quem Ben Hur Pereira foi contratado no meio de 2015, ou seja, ele teve mais de meio ano de planejamento para deixar o cargo logo na segunda rodada. Além do mais, ele saiu do Passo Fundo antes mesmo do Aimoré, por exemplo, sequer ter estreado na competição.

– Na segunda rodada tivemos até taça. O Internacional empatou em 0 a 0 com o São José no estádio Passo D’Areia, mas venceu a decisão dos pênaltis por 3 a 2 e conquistou a taça da Recopa Gaúcha. Pelo estadual cada equipe levou um ponto pelo empate. A partida também marcou a despedida do ídolo colorado, Andrés D’Alessandro, que vai jogar no River Plate.

– O destaque positivo da rodada vai para a torcida do São Paulo que fez bonito e lotou o Aldo Dapuzzo para apoiar o Leão do Parque contra o Glória. A festa protagonizada pela torcida deu resultado e o Sampa bateu o Glória por 2 a 1.

– O destaque negativo vai para o técnico Rogério Zimmermann que depois do empate em 1 a 1 com o Cruzeiro em Gravataí empurrou o repórter Pedro Petrucci da Rádio Universidade, após não gostar de uma pergunta feita pelo jornalista. Que Rogério é um grande técnico todos nós sabemos, mas essa não é a postura esperada de um profissional tão vitorioso. O esperado é que ele se desculpe e foque apenas em treinar sua equipe, coisa que ele faz tão bem.

– Na segunda rodada tivemos 17 gols em sete jogos, uma média de 2,42 por partida. Bem abaixo da média de 3,2 da primeira rodada. O empate sem gols entre São José e Inter em Porto Alegre e VEC e Nóia em Veranópolis contribuíram pra esses números mais modestos.

– Após duas rodadas, o melhor ataque é do Grêmio com seis gols, já o pior é do Internacional e do Passo Fundo que ainda não balançaram as redes. Lembrando que o Colorado só fez um jogo até o momento.

– As melhores defesas são do Inter, Ypiranga, São José e Novo Hamburgo que ainda não foram vazados. No caso, Inter e Ypiranga só jogaram uma vez. A pior defesa é disparada a do Passo Fundo com sete gols sofridos. Para se ter uma ideia, a segunda pior é do Brasil que sofreu quatro.

* Neste fim de semana irão acontecer os dois jogos atrasados da primeira rodada e o clássico Zé-Cruz antecipado da terceira rodada.

Sábado
06/02 – 19h – Internacional x Ypiranga

Domingo
07/02 – 18h – Aimoré x Lajeadense
07/02 – 19h30min – São José x Cruzeiro

 

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário