28 OUT 2015 Habemus campeões Fernando Rascado
Jogadores do União comemorando o primeiro título da história do clube. (Foto: Renato Padilha/ Folha do Noroeste)

Jogadores do União Frederiquense comemorando o primeiro título da história do clube. (Foto: Renato Padilha/ Folha do Noroeste)

Na tarde desta quarta-feira (28) conhecemos os campeões das três chaves da Copa Valmir Louruz. Tivemos de tudo, virada no fim, empate dramático e uma grande vantagem ameaçada. Depois de 90 minutos, Cruzeiro, União Frederiquense e São José conquistaram o título e agora se juntam ao Lajeadense na disputa da Super Copa Gaúcha, que começa no sábado em Lajeado. Os confrontos serão sorteados nesta quinta-feira (29) a tarde na sede da FGF. Serão duas semifinais no dia 31 e a grande final na segunda-feira (2). O campeão garante vaga na Série D e disputará a Recopa Gaúcha contra o Intenacional.

Grupo Sul

Com uma boa vantagem conquistada no primeiro jogo, quando venceu o Inter por 2 a 0, o Zequinha começou administrando o empate no Beira-Rio. Já o Inter como precisava de gols, partiu pra cima com tudo, mas parava no goleiro Fábio. Aos 31 minutos da etapa final, Arthur soltou uma bomba do meio da rua sem chances para o goleiro visitante, 1 a 0 e as esperanças renovadas. Mas aos 42, Guilherme deixou tudo igual, definindo o confronto e garantindo o título para o São José.

Grupo Metropolitano

O empate em 1 a 1 em Caxias deixou o confronto totalmente aberto no Vieirão em Gravataí. O Jaconero abriu o placar aos 25 do primeiro tempo com Guilherme. Mas no segundo tempo, o Juventude se retrancou e passou a sofrer pressão do Estrelado, até que aos 39 minutos o juiz marcou o pênalti para os mandantes. Juninho Tardelli, irmão do Diego, cobrou bem e deixou tudo igual, 1 a 1 e a decisão estava indo para os pênaltis. Mas com o gol, o Cruzeiro partiu pra cima e um minuto depois, Júlio Abu virou o jogo, 2 a 1, para garantir o título de forma emocionante para o Estrelado.

Grupo Norte

Mais de mil torcedores foram até o Vermelhão da Colina apoiar o União em busca do primeiro título da sua história. O empate em 1 a 1 em Novo Hamburgo deixou o confronto em aberto. Mesmo podendo empatar em 0 a 0, o Leão da Colina começou atacando bastante. O goleiro Jandrei do Nóia foi o grande destaque no primeiro tempo. Na etapa final, o Anilado que precisa de um gol foi com tudo pra frente, mas não teve forças para passar pela defesa do time da casa, que pode soltar o grito de campeão pela primeira vez em sua curta história.

 

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário