04 OUT 2014 Tudo igual no Edmundo Feix Leandro Lopes
Tudo igual na primeira decisão entre os times dos Vales. (Foto: Vanessa Behling / Folha do Mate)

Tudo igual na primeira decisão entre os times dos Vales. (Foto: Vanessa Behling / Folha do Mate)

Estádio lotado em Venâncio Aires para a primeira partida da grande final da Copa Fernandão. Guarani e Lajeadense mediram forças para quase três mil espectadores no Edmundo Feix. Mais de mil ingressos foram vendidos antecipadamente, o que não acontecia na Terra do Mate desde o tempo do guaraná com rolha.

De um lado o surpreendente rubro-negro, que eliminou o Pelotas duas vezes e passou pelo Internacional na semifinal. Do outro a sensação alviazul, time de melhor campanha da competição, com melhor saldo e uma média de gols por jogo impressionante. Todos os ingredientes para uma grande decisão. E realmente foi.

O pessoal da Fruki começou jogando como se estivesse em casa, mas a gurizada do mate conseguiu equilibrar o confronto. No principal lance da primeira etapa William avançou em direção ao ataque e o zagueiro do Lajeadense tirou a bola com a mão dentro da área, mas o juizão mandou o jogo seguir.

No segundo tempo o técnico Luis Carlos Winck conseguiu organizar melhor o alviazul, que começou pressionando. Logo aos seis minutos a bola foi alçada na área e encontrou Matheus, que mandou pro fundo da rede: Lajeadense 1 a 0. O gol acordou o rubro-negro, que foi ao ataque como um cão faminto vai atrás de um pedaço de salsichão. Nunca viram essa situação? O cachorro tem muita vontade! Mas nem toda essa vontade parecia ser suficiente para o empate dos mateiros.

William Ribeiro criou a melhor chance. Em boa jogada do atacante a bola passou por Matão e Rafael Bittencourt soltou uma bomba rente à trave do goleiro. A defesa bem fechada do time de Lajeado segurava os donos da casa e ainda permitia contra-ataques. Em um deles, aos 42, Rudiero quase ampliou a vantagem.

No entanto, como toda final que se preza tem que ser emocionante, no apagar das luzes o Guarani foi recompensado. Já nos acréscimos Marcelo chutou e Matão aproveitou a sobra para empatar o confronto, 1 a 1.

A partida decisiva da Copa Fernandão ocorre na próxima quarta-feira, na Arena Alviazul, em Lajeado. O pessoal do Vale do Taquari leva o título com um empate sem gols por ter marcado um em Venâncio. O time do Vale do Rio Pardo precisa empatar por dois ou mais gols de diferença para ficar com a taça. Empate por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Quem vencer, é claro, fica com a taça e a vaga na Copa do Brasil de 2015.

Quem vence o Clássico dos Vales? Lajeadense ou Guarani? Alviazuis ou rubro-negros? Guaraná ou Chimarrão? Façam suas apostas. O jogo da volta promete!

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário