12 OUT 2014 Festa alviazul em Lajeado Leandro Lopes
Celebração do título na Arena Alviazul, em Lajeado. (Foto: Marcelo Campos / FGF)

Celebração do título na Arena Alviazul, em Lajeado. (Foto: Marcelo Campos / FGF)

Foi mais um grande jogo. Depois de um empate por 1 a 1 no Edmundo Feix, em Venâncio Aires, Lajeadense e Guarani duelaram na Arena Fruki para saber quem ficaria com a taça de campeão da Copa Fernandão. Dono da melhor campanha da competição, o time alviazul fez de tudo pra fazer valer a sua atual escrita no certame. E contou com o apoio de um público recorde. Cerca de quatro mil pessoas foram ao estádio para acompanhar o Bonde Alviazul, o maior número de viventes no local desde a inauguração, em 2012.

Mas nem o grito dos “hinchas” adiantou no início do jogo. Nos primeiros minutos o domínio foi rubro-negro. Com quatro escanteios seguidos, o Guarani mantinha o Lajeadense no campo de defesa. A resposta do time da casa veio só aos 24 minutos, quando Paulo Josué acertou um chutaço. Rodrigo defendeu e no rebote Michel mandou por cima. Na sequência foram quatro arremates do time de Lajeado, que mostrou que não estava disposto a perder o título no Vale do Taquari.

Antes do intervalo, um lance polêmico. Rafael Bittencourt cobrou falta e o goleiro Giovane estava batido no lance. Márcio Nunes completou para o fundo da rede, mas o árbitro anulou o tento assinalando impedimento do zagueiro da Terra do Mate.

Precisando marcar gols, no segundo tempo o Índio foi pra cima mais uma vez. Fabiano Daitx reforçou o setor ofensivo com Vinícius Padilha e Paulinho. Mas o Lajeadense também levava perigo ao gol de Rodrigo. Aos 22 minutos Gilmar arriscou de fora da área e o arqueiro rubro-negro fez a defesa.

O jogo se aproximou do final e ainda deu tempo do Guarani reclamar de um pênalti não marcado. Emocionados, os alviazuis estavam à beira do gramado, prontos para comemorar. E a comemoração teve início no apito final da arbitragem, que ratificou o título para a equipe de melhor campanha do campeonato.

A festa do Clube Esportivo Lajeadense começou na Arena Fruki. Fernanda Costa, viúva de Fernandão, e os filhos Enzo e Eloá, entregaram o troféu para os campeões. A celebração se estendeu pela cidade, com carreata e muita alegria dos atletas no caminhão do Corpo de Bombeiros. Com o título o Lajeadense está garantido na Supercopa Gaúcha e também na Copa do Brasil de 2015.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário