15 ABR 2014 Os destaques do estadual Leandro Lopes
Brasil de Pelotas recebeu o troféu de campeão do interior. (Foto: Leandro Lopes)

Brasil de Pelotas recebeu o troféu de campeão do interior. (Foto: Leandro Lopes)

A noite da segunda-feira foi de premiação na capital do Rio Grande do Sul. O hotel Sheraton foi o palco da premiação dos melhores do Gauchão 2014. Acostumados a vagar pelos gramados, trajando calções, camisas e chuteiras, muitos dos premiados se mostraram tímidos com os holofotes e câmeras que lhes eram apontados. Mas bastava receber as medalhas ou troféus em questão para que a expressão carregada logo cedesse lugar aos sorrisos de satisfação.

Foi assim desde o primeiro nomeado. Com sete indicados o Brasil de Pelotas justificou a campanha de melhor equipe do interior. E já na largada um prêmio foi para o Bento Freitas. Como melhor goleiro venceu Luiz Müller. A muralha rubro-negra, que partiu para o Maranhão – onde vai defender o Sampaio Corrêa na Série B nacional – foi representada pelo preparador de goleiros do Xavante, Passarinho. Na zaga, outro jogador da equipe pelotense. Fernando Cardozo, que recebeu a medalha e precisou catá-la no chão após a fita se desamarrar. O outro zagueiro foi Rhodolfo, do Grêmio.

Com boas atuações na competição, Charles Aránguiz foi eleito o craque do estadual. (Foto: Leandro Lopes)

Com boas atuações na competição, Charles Aránguiz foi eleito o craque do estadual. (Foto: Leandro Lopes)

Daí pra frente, hegemonia Gre-Nal. Nas laterais, um gremista e um colorado: Wendell na esquerda, Gilberto na direita. A meia-cancha foi dominada pelo Internacional. Aránguiz, Willians e D’Alessandro tiveram a companhia do garoto Luan, do Grêmio. No ataque, “He-Man” e “El Pirata”, Rafael Moura e Barcos.

Mesmo sem treinar o time em todos os jogos, Abel Braga foi escolhido o melhor técnico da competição, superando Enderson Moreira e Rogério Zimmermann. Na disputa entre os dirigentes, Marcelo Medeiros – do Internacional – levou a melhor. O árbitro premiado foi Márcio Chagas da Silva.

Luan foi escolhido como revelação do certame, desbancando o colega Wendell e o colorado Aylon, peça importante do Internacional no início do campeonato. O craque do Gauchão 2014 foi o chileno Aránguiz, que também havia aparecido na seleção entre os meias.

Capitão do Internacional, D'Alessandro recebeu o troféu de campeão estadual. (Foto: Leandro Lopes)

Capitão do Internacional, D’Alessandro recebeu o troféu de campeão estadual. (Foto: Leandro Lopes)

No evento também foram entregues os troféus de campeão, vice e campeão do interior para Inter, Grêmio e Brasil de Pelotas, respectivamente. A premiação do tricolor foi recebida por Barcos e Luan. Os outros dois clubes levaram um plantel bem mais recheado ao palco para erguer as taças.

GALERIA DE FOTOS DA FESTA

Animado, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, disse que a idéia é fazer da próxima edição do Gauchão uma referência. O mandatário da FGF espera uma competição forte.  “Em 2015 faremos um campeonato de dar inveja a todo o Brasil!”, finalizou.

COBERTURA

A equipe do Esportchê esteve no Sheraton, na capital gaúcha, e realizou a cobertura completa da premiação pelas redes sociais. Um vídeo com entrevistas, em mais uma parceria com a Convergência Produtora, foi gravado no local. Em breve ele estará disponível no site.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário