24 ABR 2014 Segundona com chuva de gols Juliano Ortiz
Cerâmica fez 3 gols em menos de 15 minutos e venceu o Glória em Gravataí (Foto: Assessoria CAC)

Cerâmica fez 3 gols em menos de 15 minutos e venceu o Glória em Gravataí (Foto: Assessoria CAC)

E O BRASIL? PAROU LÁ NO TIME DO YPIRANGA!

Nas Castanheiras, o Brasil aceleraria em direção à liderança do grupo B caso vencesse o Ypiranga. E durante grande parte do tempo esteve à frente com um gol de zagueiro. Em uma primeira etapa equilibrada, Cantarelli fez a diferença aos 28 minutos aproveitando cobrança de escanteio feita por Zeferino. Só que no segundo tempo, aos 33, Amaral foi esperto para empatar. Após cobrança de falta alçada na área, o camisa 10 tocou para a rede após desvio no primeiro poste que matou a defesa. Final: 1 a 1 e ambos os times somam sete pontos na classificação.

EM DOIS VIRA, QUATRO TERMINA

Foi assim o jogo entre Panambi e Riopardense. Esse jogo colocou frente a frente os dois piores times do Grupo A. O alviverde, jogando em casa, aplicou uma sonora goleada nos visitantes. O primeiro tempo foi marcado pelo domínio da S.E.R Panambi e o placar acabou refletindo o bom desempenho nos 45 minutos iniciais. Logo ao 29 segundos de jogo, Luis André fez o primeiro pros mandantes. Com isso o Riopardense recuou e começou a jogar nos contra-ataques, com algumas investidas. Mas aos 29, Rodrigo Dias ampliou o marcador: 2 a 0. Na volta para o segundo tempo, foi mais do mesmo! Panambi na frente, pressionando, e o terceiro gol saiu aos 13 minutos, com Lucas. Antes do apito final, Gavião fechou o placar aos 33 minutos da etapa complementar e sacramentou: Panambi 4 x 0 Riopardense.

CERÂMICA DE LUXO

Se o primeiro tempo foi lá e cá, com bolas na trave, mas sem bola na rede. O segundo tempo foi exatamente o contrário. O Cerâmica entrou em campo em busca dos três pontos e guardou o melhor para o final. Depois de um 0 a 0 na primeira etapa, o tricolor de Gravataí fez três gols em menos de 15 minutos. Logo aos 5′ da etapa complementar, Franciel mandou um canhotaço e abriu o placar. Mas antes mesmo que o Glória pudesse se recompor e buscar uma reação, o centroavante do Cera Máquina mandou outra bomba de esquerda e fez 2 a 0, com 7 minutos do segundo tempo. Pra finalizar a tunda, Danilo ainda fez o terceiro aos 19 e deu números finais à partida: Cerâmica 3 x 0 Glória.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário