02 MAR 2014 A turma dos 100% Juliano Ortiz
Jogo dos opostos no Colosso da Lagoa teve goleada. (Foto: Divulgação / Ypiranga)

Jogo dos opostos no Colosso da Lagoa teve goleada. (Foto: Divulgação / Ypiranga)

A Segundona mal começou e já tem três times despontando na tabela. Com três vitórias em três jogos, Marau, Santa Cruz e Ypiranga mostram força neste início de campeonato. As três equipes dividem a liderança do Grupo B. Saibam como foram os confrontos:

Em Erechim o Ypiranga recebeu o Canoas. E parece que a barca do Canoas realmente está furada. Com mais uma atuação pífia, a equipe da região metropolitana levou uma goleada. O canarinho começou bem na partida e acuou o adversário no campo de defesa. Sem força de ataque, coube aos canoenses buscar contra-ataques, mas sem muito sucesso. Nos primeiros 45 minutos, placar fechado.

Na segunda etapa, no entanto, a porteira se abriu. Jean Coral, que voltou ao futebol profissional em 2014 após trabalhar na construção civil, marcou o primeiro aos 6 minutos. Logo em seguida, aos 10, Gonçalves fez 2 a 0. Com a vitória encaminhada, o Ypiranga seguiu pressionando e Juliano fez o terceiro aos 16. Aos 32 minutos o uruguaio Foletti fechou a conta em 4 a 0 para o time do Colosso da Lagoa.

As duas equipes se encontram em situações muito diferentes na tabela. Com 100% de aproveitamento, o Canarinho é um dos líderes do Grupo B. Já o Canoas, perdeu todas as partidas, levando 15 gols e marcando apenas um. Na próxima rodada o Ypiranga enfrenta o União Frederiquense no Vermelhão da Colina. O Canoas recebe o Riograndense em Campo Bom.

Santa Cruz tem o melhor ataque da Segundona com 14 gols marcados. (Foto: Portal GAZ)

Santa Cruz tem o melhor ataque da Segundona com 14 gols marcados. (Foto: Portal GAZ)

Nos Plátanos o Galo buscava manter a melhor campanha da competição e mostrar que está mesmo disposto a voltar para a elite do futebol gaúcho. Por outro lado, o time de Rio Pardo buscava a primeira vitória e o primeiro gol. Em duas partidas, a Riopardense havia levado 6 gols e passado em branco, sem balançar as redes uma única vez.

Foi começar a partida para ficar claro o que viria em seguida. Desde o início do jogo o time da casa buscou o gol, e não demorou muito para estufar a malha do Peixe. Aos 16 minutos, Geison abriu o placar. Não demorou muito, Éder Machado – que ainda perdeu um pênalti no final do jogo – fez o dele. A dupla de ataque do Santa Cruz já tinha dado trabalho na rodada passada, quando fez cinco gols – dois de Geison e três de Éder Machado – contra o Canoas. E, novamente, fizeram questão de mostrar as credenciais e deixar claro que nesta Segundona eles estão com sede de gol.

No começo da etapa complementar, Renato Saldanha fez o terceiro do Santa Cruz, logo aos 4 minutos. Sem nem dar tempo pra comemorar o placar de 3 a 0, o Peixe finalmente marcou o seu primeiro gol na competição.  Coube a Douglas, que vinha bem na partida, marcar o gol de honra da Riopardense, aos 7 minutos. Mas aos 35 do segundo tempo, Geison fechou o placar, 4 a 1.

Na próxima rodada, o Galo viaja até Santo Ângelo para enfrentar o time da casa. A partida é quinta-feira (6), às 20h30. Já o time de Rio Pardo recebe o Marau no Amaro Cassep na quarta (5), às 16hs.

O decisivo Rodrigão marcou gol nas três partidas. (Foto: Andersson Catani)

O decisivo Rodrigão marcou gol nas três partidas. (Foto: Andersson Catani)

Como um Dodge no retão, o Marau entrou na terceira rodada embalado pelas duas vitórias contra Canoas e Inter-SM. Só que desta vez de olho na estrada, pois ali adiante quem estava era o Tupi, como se fosse uma curva sinuosa. No histórico de três confrontos contra o time de Crissiumal, nenhuma vitória do Marau até então. Mas neste sábado foi-se o pequeno tabu. Em um jogo de muitas faltas e briga constante por cada palmo do terreno, só poderia sair gol de bola parada. E mesmo assim, se fosse bem de perto e sem barreira. Aos 19 do segundo tempo, ali da marca fatal, a 11 metros da meta, o artilheiro Rodrigão fez o gol da vitória para a faceirice geral dos cerca de 300 torcedores presentes à Arena Bebber. Marau, obviamente, líder do Grupo B com 100% de aproveitamento. Tupi com uma campanha mais feia que tombo de mão no bolso: um único ponto em nove disputados.

Na próxima rodada o alvirrubro serrano vai ao Amaro Cassep enfrentar a Riopardense, time que ainda não marcou nenhum ponto no certame. A partida está marcada para a quarta-feira (5). Já o Tupi vai buscar a recuperação um dia antes, na terça-feira. O Índio Guerreiro recebe o Glória de Vacaria em Crissiumal.

Confira AQUI como foram os demais jogos da rodada.

Gostou? Então compartilha, tchê!
Deixa teu comentário